Pesquisar no site


Contato

Henrique519

E-mail: henrique519@hotmail.com

Mano descarta Neymar como "rei" e pede para atacante levantar a cabeça para jogar

10/07/2011 22:50

 Mano diz que Neymar tem sofrido com a marcação e precisa soltar a bola rapidamente

Mano diz que Neymar tem sofrido com a marcação e precisa soltar a bola rapidamente

 

 
10/07/2011 - 15h18

Mano descarta Neymar como "rei" e pede para atacante levantar a cabeça para jogar

Carlos Padeiro 
Em Los Cardales (Argentina)

Mano Menezes utilizou como exemplo a capa da revista Veja de duas semanas atrás para falar sobre o exagero que existe na valorização de Neymar. O jovem de 19 anos fracassou nos dois primeiros jogos da seleção brasileira na Copa América e viu a badalação virar crítica por parte de torcedores e jornalistas.

Segundo o treinador, o atacante tem sido muito marcado e precisa levantar a cabeça para soltar a bola mais rapidamente e aproveitar os espaços que aparecem nas costas dos adversários.

“Considero o Neymar um dos grandes promissores que temos no futebol brasileiro hoje, uma realidade no seu clube, o Santos, e ele se colocou como realidade nos primeiros amistosos da seleção. Agora enfrenta uma competição mais dura pela primeira vez, juntamente com nós todos. Ele não é aquele quase rei que na semana passada vi na capa de uma revista, com coroa e tudo. Também não é um jogador que com duas atuações nem tão boas se transforma em vilão”, opinou Mano.

No dia 29 de junho, uma semana depois de o santista conquistar a Libertadores, a Veja enviou às bancas uma edição com a seguinte manchete “Neymar – um Pelé para o Século XXI”. O jogador é retratado com uma coroa em sua cabeça.

Contra Venezuela e Paraguai, entretanto, o camisa 11 do Brasil pouco produziu. No último sábado, durante o empate por 2 a 2 diante dos paraguaios, foi substituído e ouviu uma sonora vaia dos torcedores.

“Ele sofre com uma marcação dura. Ontem vimos três jogadores fazendo um bloqueio sobre o Neymar. Ele precisa perceber isso mais rápido, porque atrás dele certamente tem espaço. Deve levantar a cabeça e, com um ou dois toques, dar a bola para o jogador que aparecer por ali”, comentou o comandante da equipe pentacampeão mundial.